São Pedro do Sul

Com excelentes acessibilidades, S. Pedro do Sul, em pleno vale de Lafões, bem no centro da natureza, de serras, rios e vales, oferece condições ímpares para umas férias revitalizantes, cheias de experiências e emoções. 
Os maciços das serras da Arada, Gralheira e S. Macário, com as suas paisagens verdejantes, os seus riachos de água fria e cristalina, as suas aldeias escondidas nos vales e montanhas aliadas ao magnífico pôr e raiar do sol, constituem um pedaço do mundo que serve de refúgio à inspiração.
O turismo termal, de montanha, cultural e patrimonial, diferenciado e genuíno, são um apanágio do concelho de S. Pedro do Sul, que tão bem sabe receber e dar a conhecer todos os seus recantos e encantos!

 À entrada do centro histórico de S. Pedro do Sul fica o robusto e imponente Solar da Lapa, uma construção seiscentista com uma fachada característica da época. Pouco acima surge o Adro da Igreja Matriz. Mais acima, na Praça da República surge o Palácio dos Marqueses de Reriz, um majestoso palácio setecentista, antigo Paço Real de S. Pedro do Sul e a formosa Capela de Santo António. O Cineteatro Jaime Gralheiro, construído em 1925 possui um interior de grande requinte e beleza. Seguindo a Rua Direita visite os Paços do Concelho onde se localiza a Câmara Municipal integrada no Convento Franciscano de S. José. Pode desfrutar de uma tarde de lazer no Lenteiro do Rio ou de uma caminhada na Ecopista, antiga linha de caminho-de-ferro, onde a paisagem natural ao longo das águas frescas do Rio Vouga transmite saúde e bem-estar.
Descobrir a solução natural e equilibrada para muitos problemas de saúde, desfrutar de sensações relaxantes que só a água oferece, num cenário de natureza deslumbrante e tranquilo, eis as Termas de S. Pedro do Sul, a Escolha Natural, o maior destino de Turismo, Saúde e Bem-Estar em Portugal. Com mais de 2000 anos de história é considerado o maior centro termal de Portugal e entre os melhores da Europa. Com tratamentos para as vias respiratórias, reumatologia e medicina de reabilitação de excelência, as Termas de S. Pedro do Sul oferecem modernidade e conforto no Balneário D. Afonso Henriques e requinte e charme no Balneário Rainha D. Amélia. No Spa Termal pode usufruir de massagens relaxantes e hidratantes com as águas naturais e com os produtos dermocosméticos AQVA. Não deixe de visitar o Balneário Romano, onde passaram reis e rainhas, agora requalificado em centro cultural e museológico. 

Com três serras no seu território, Arada, Gralheira e S. Macário, a natureza, aqui, como que nos faz voltar aos primórdios da nossa memória humana no mundo. Vales verdejantes que contrastam com paisagens agrestes e absolutamente despidas, permitindo descortinar os ancestrais movimentos tectónicos que definiram a superfície do planeta, percursos que nos levam ao imaginário das florestas tropicais, com quedas de água, flora luxuriante e desconhecida, até às margens de rios e ribeiras, como o Vouga, o Sul ou o Paiva, que limita o concelho a norte, de águas límpidas e frescas, que nos fazem sonhar, estarmos de volta à inocência genuína dos nossos primeiros passos na Terra. 

Nas serras a vida corre ao sabor da calmaria do tempo e num espaço que chega para que todos vivam em harmonia com a natureza e é desta que se extrai o xisto para construir as casas típicas, das típicas aldeias da Pena, do Fujaco, de Covas do Monte ou Covas do Rio. Aldeias abençoadas pelas centenárias capelas de S. Macário de cima e a ermita de S. Macário de baixo. Todo este maciço montanhoso vive envolto em tradições, rituais, mitos, lendas, crenças de cabras que matam lobos, de serpentes que comem homens e de santos que transportam brasas acesas nas mãos, cujas memórias não se apagaram no correr dos novos tempos. Em S. Pedro do Sul come-se divinamente. A qualidade da carne e a mestria dos temperos fazem do Cabrito da Gralheira ou a Vitela de Lafões os pratos mais apreciados. A doçaria regional reflete os saberes e sabores transmitidos ao longo das gerações e a inovação na utilização de produtos endógenos.
S. Pedro do Sul, dominado pelas Serras é um destino de natureza por excelência, com paisagens de exceção onde os diversos Percursos Pedestres permitem descobrir tradições, património ou a natureza no seu estado puro. Deslumbre-se com a exuberância natural do Maciço da Gralheira e das águas límpidas dos rios Vouga, Paiva e Teixeira e com as inúmeras aldeias típicas de granito e xisto. Os rios, serras e vales proporcionam aos adeptos do desporto da natureza e do ar livre condições de excelência para a prática de diversas modalidades como a escalada, o canyoning, a canoagem ou o BTT. Cascatas, poços e lagoas de águas límpidas são uma presença constante englobadas numa área natural privilegiada que permite a observação e interpretação da biodiversidade. Descubra a Rota da Água e da Pedra nas nossas Montanhas Mágicas onde pode usufruir de paisagens únicas ao ritmo da natureza. Do alto da Serra do S. Macário local de peregrinação em julho, diz-se que o nascer do sol é de inspiração divina. 
S. Pedro do Sul é constituído por uma grande diversidade patrimonial que marcou a história do concelho. Conheça a Pedra Escrita em Serrazes, o Castro da Cárcoda, Solares, Igrejas e Capelas. O Convento de S. Cristóvão de Lafões, a Casa das Malafaias, a Quinta da Comenda são testemunhos arquitetónicos que fazem parte da identidade cultural do concelho, com histórias de reis e rainhas. Mas o património imaterial também é muito rico com destaque para os Cantares de Manhouce com toda a sua riqueza etnográfica e musical com cantigas tradicionais que permanecem na cultura popular.

Veja a entrevista a Vitor Figueiredo, presidente da Camara Municipal de São Pedro do Sul.

Fonte: Câmara Municipal de São Pedro do Sul

| o que fazer

explore, experimente, viva

O site Viver no Centro de Portugal utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies. Aceito
Encontre aqui o que procura