Satão

A ocupação humana no concelho de Sátão, que possui condições naturais privilegiadas, com um subsolo muito rico em matérias-primas e abundância de terrenos férteis e bem irrigados remonta a tempos imemoriais. A sua natureza topográfica, orográfica, abundância e fluidez de diversos cursos de água, cedo o tornaram palco de uma intensa fixação humana que, ao longo dos tempos, foi moldando a sua paisagem, quer a natural, quer a construída.
De todo esse tempo longínquo, e das gentes que por aqui passaram e habitaram permaneceu um vasto e belo património, nomeadamente arqueológico. 
Percorrer o concelho de Sátão é descobrir uma paisagem diversa, arquitetura religiosa abundante e profundos vestígios arqueológicos, marcas do tempo e da história. Território, onde ainda é possível encontrar locais típicos e genuínos.
O concelho de Sátão integrado na Região Demarcada dos Vinhos do Dão, caracterizado pelo verde dos pinhais e dos campos em contraste com os vales graníticos e xistosos, percorridos por inúmeros cursos de água, com extensas vinhas cultivadas numa paisagem planáltica, envolto em condições climatéricas agressivas, oferece uma considerável diversidade em termos de castas, bagas, frutos, vegetais e cogumelos, sobretudo o Míscaro, pois a agricultura foi e continua a ser o modo de subsistência de grande parte da nossa população.
Impregnado de Património religioso e arqueológico, repleto de simbolismos, encontramos a Identidade deste concelho no Folclore, nas Festas Populares, Romarias, Provérbios, Cancioneiro, nas Lendas e Superstições, na Gastronomia e nos Valores Hereditários.
Na sua origem histórica encontram-se vestígios pré-históricos e românicos por entre os inúmeros Santuários, Conventos, Pelourinhos, Ermidas e Solares, fazendo destes, locais de interesse turístico.
Foi-lhe outorgado Foral em 9 de Maio de 1111 pelo Conde D. Henrique e Dona Teresa, “…a arte de bem receber…”

Fonte: Câmara Municipal de Sátão

O site Viver no Centro de Portugal utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies. Aceito
Encontre aqui o que procura